22/04/2021 voltar

Carros anfíbios: da terra para a água em um piscar de olhos

Os carros anfíbios surgiram ainda no século XIX e já antecipavam um desejo de muitas pessoas atualmente.

Já pensou poder usar o mesmo veículo para andar em terra firme, nas estradas, e também dentro da água, em lagos e rios? A ideia parece maluca, mas calma, vamos explicar e sem dúvida você vai adorar o conceito. Conheça os carros anfíbios, que são os responsáveis por permitir essa facilidade.

Isso mesmo! Se você ainda não conhece e nem ouviu falar, os carros anfíbios são veículos que podem ser conduzidos em terra e na água. Eles surgiram há um bom tempo, mais precisamente por volta de 1805, a partir da invenção do norte-americano Oliver Evans.

Evolução dos carros anfíbios

O modelo tinha um motor movido a vapor, de 5HP, era feito de madeira e se assemelhava muito aos barcos da época. Conforme foi evoluindo, os veículos anfíbios passaram a ser utilizados nas Guerras ou ainda por polícias e serviços da cidade.

Esse formato permaneceu até meados de 1930, década em que surgiu o Schwimmwagen 4 Trippel, com design mais ousado e virou referência para os próximos modelos. De 1961 a 1967, o primeiro anfíbio civil foi produzido em série em Berlim - o Amphicar.

A partir de 1980, eles deixaram de lado o design que se assemelhava aos barcos ou aos tanques de guerra e passaram a ter modelos dinâmicos e atrativos. Em toda a história, existiu uma série de veículos anfíbios em todo o mundo, uns produzidos por grandes montadoras, outros em projetos particulares, mas o objetivo era o mesmo: ter a possibilidade de andar em terra e na água.

Algumas curiosidades:

  • Os primeiros anfíbios atingiam velocidades bem baixas, principalmente na água. Com o tempo, passaram a ganhar motor e potência;
  • Além da CNH B para dirigir/pilotar o veículo, a pessoa deve ter habilitação de Marinheiro Auxiliar de Convés;
  • O Schwimmwagen tinha algumas peculiaridades por ser construído para atuar na guerra, como: um dos faróis só tinha iluminação para o chão, desta forma os aviões não conseguiam detectar o veículo;
  • Ao final da guerra, mesmo danificados, os veículos passaram a atuar no corpo de bombeiros e na polícia;
  • Estima-se que existam cerca de 125 unidades do Schwimmwagen em todo o mundo.



Os anfíbios no cinema

Lotus Esprit S1 - o carro anfíbio do filme “ O Espião que me Amava” (1977)

O modelo com design futurista foi um projeto de Giorgetto Giugiaro e foi escolhido para se transformar no anfíbio do filme. Para as filmagens, foram preparados dois veículos, um para aparecer em terra e o outro embaixo d’água.

Alguns modelos

  • Little Croc: um anfíbio fabricado no Rio
  • WaterCar Panther
  • WaterCar Python: um anfíbio com motor de Corvette
  • Drozd: primeiro veículo anfíbio russo com tração nas quatro rodas
  • Volkswagen Schwimmwagen: o anfíbio que nasceu na Segunda Guerra Mundial
  • Renault Racoon
  • Amphicar: o anfíbio civil

O que achou dessa incrível ideia? Quem sabe futuramente as grandes montadoras apostem nessa alternativa. Seria ótimo poder escapar do trânsito pegando um “atalho” pela água, não é mesmo?

Para ter acesso a mais curiosidades e novidades do mundo do automobilismo e assuntos como este, acompanhe o blog!

quero receber notícias