18/06/2020 voltar

Carros com câmbio automático estão “ocupando” o lugar dos câmbios manuais

Muitos motoristas ainda têm dúvidas sobre escolher entre câmbio manual ou automático. Com o avanço da tecnologia, percebe-se que o manual está ficando pra trás.

Câmbio manual ou automático? A resposta para essa pergunta tem se tornado cada vez mais previsível: a procura por carros com câmbio automático tem sido maior a cada ano, conforme mostram os números de vendas das montadoras.

Para muitos motoristas, principalmente para os que utilizam o carro para trabalhar ou que viajam por longos períodos, o câmbio manual se torna algo cansativo, pelos movimentos repetitivos. O ato de utilizar o pé esquerdo para pisar na embreagem e a mão direita para trocar as marchas pode ser uma atividade que esteja deixando de fazer parte da rotina dos motoristas.

Desta forma, a procura por mais praticidade e conforto está fazendo com que os motoristas deixem de lado o câmbio manual e passem a preferir o automático. Com base nisso, as montadoras estão deixando de produzir versões com câmbio manual. É o exemplo da Chevrolet e da Renault, que estão vendendo carros de entrada como o Joy e o Kwid exclusivamente nesta versão.

Muitos modelos esportivos ainda preferem o câmbio manual, por garantir ao motorista uma experiência mais imersiva e envolvente.

A grande demanda dos modelos automáticos permitiu que os custos fossem reduzidos, tornando possível que cada vez mais modelos possam contar com esse câmbio desejado por muitos motoristas, enquanto o câmbio manual vai perdendo espaço no mercado de carros novos no Brasil.

Conheça alguns benefícios do câmbio automático:

- A suavidade na mudança de marchas: esse é um dos maiores diferenciais, e isso ocorre pelo fato de que a troca de marcha é feita de forma automática por uma central eletrônica, de acordo com a velocidade do carro e rotação do motor.

- Durabilidade do motor e dos componentes da transmissão: o câmbio automático tem uma durabilidade superior à do manual, e um dos fatores que contribui para isso é a troca das marchas no tempo certo, assim como seu funcionamento gera menos desgaste às peças de engrenagem.

- Menor consumo de combustível em câmbios CVT: o câmbio CVT (Transmissão Continuamente Variável) costuma consumir menos, pois a transmissão é mais eficiente e porque não utiliza engrenagens.

- Mais conforto ao dirigir: pois não necessita ficar trocando de marcha constantemente e porque o pé esquerdo fica livre por não ter embreagem.

- Mais segurança em aclives: com o câmbio automático você não corre o risco de deixar o carro “voltar” em uma subida de ladeira, por exemplo.

Que a tecnologia está sendo cada vez maia aliada do setor automotivo, não temos dúvidas – e quem sai ganhando mais conforto e praticidade é o consumidor final. O que você acha: a Era dos câmbios manuais está chegando ao fim? Qual você prefere?

quero receber notícias

Carros com câmbio automático estão “ocupando” o lugar dos câmbios manuais
18/06/2020 voltar

Carros com câmbio automático estão “ocupando” o lugar dos câmbios manuais

Muitos motoristas ainda têm dúvidas sobre escolher entre câmbio manual ou automático. Com o avanço da tecnologia, percebe-se que o manual está ficando pra trás.

Câmbio manual ou automático? A resposta para essa pergunta tem se tornado cada vez mais previsível: a procura por carros com câmbio automático tem sido maior a cada ano, conforme mostram os números de vendas das montadoras.

Para muitos motoristas, principalmente para os que utilizam o carro para trabalhar ou que viajam por longos períodos, o câmbio manual se torna algo cansativo, pelos movimentos repetitivos. O ato de utilizar o pé esquerdo para pisar na embreagem e a mão direita para trocar as marchas pode ser uma atividade que esteja deixando de fazer parte da rotina dos motoristas.

Desta forma, a procura por mais praticidade e conforto está fazendo com que os motoristas deixem de lado o câmbio manual e passem a preferir o automático. Com base nisso, as montadoras estão deixando de produzir versões com câmbio manual. É o exemplo da Chevrolet e da Renault, que estão vendendo carros de entrada como o Joy e o Kwid exclusivamente nesta versão.

Muitos modelos esportivos ainda preferem o câmbio manual, por garantir ao motorista uma experiência mais imersiva e envolvente.

A grande demanda dos modelos automáticos permitiu que os custos fossem reduzidos, tornando possível que cada vez mais modelos possam contar com esse câmbio desejado por muitos motoristas, enquanto o câmbio manual vai perdendo espaço no mercado de carros novos no Brasil.

Conheça alguns benefícios do câmbio automático:

- A suavidade na mudança de marchas: esse é um dos maiores diferenciais, e isso ocorre pelo fato de que a troca de marcha é feita de forma automática por uma central eletrônica, de acordo com a velocidade do carro e rotação do motor.

- Durabilidade do motor e dos componentes da transmissão: o câmbio automático tem uma durabilidade superior à do manual, e um dos fatores que contribui para isso é a troca das marchas no tempo certo, assim como seu funcionamento gera menos desgaste às peças de engrenagem.

- Menor consumo de combustível em câmbios CVT: o câmbio CVT (Transmissão Continuamente Variável) costuma consumir menos, pois a transmissão é mais eficiente e porque não utiliza engrenagens.

- Mais conforto ao dirigir: pois não necessita ficar trocando de marcha constantemente e porque o pé esquerdo fica livre por não ter embreagem.

- Mais segurança em aclives: com o câmbio automático você não corre o risco de deixar o carro “voltar” em uma subida de ladeira, por exemplo.

Que a tecnologia está sendo cada vez maia aliada do setor automotivo, não temos dúvidas – e quem sai ganhando mais conforto e praticidade é o consumidor final. O que você acha: a Era dos câmbios manuais está chegando ao fim? Qual você prefere?

quero receber notícias