10/10/2019 voltar

Conheça a história da Lamborghini, a icônica montadora italiana

Você conhece a história da Lamborghini e as curiosidades que rondam a montadora italiana? Clique aqui e saiba tudo sobre essa marca que é sinônimo de supermáquinas!

Quem ouve falar da Lamborghini, hoje, sabe que a fabricante italiana está entre as principais montadoras de carros esportivos de luxo do mundo, com dois de seus modelos na lista dos veículos mais caros atualmente. Só que nem sempre foi assim. Assim como fizemos com a história da Ferrari através do tempo, hoje vamos contar um pouco sobre a trajetória dessa marca tão famosa e alguns dos fatos mais curiosos sobre a Lamborghini e suas transformações ao longo dos anos.  Continue conosco!

Criação da Lamborghini

Conta a história que Ferruccio Lamborghini, fazendeiro bem-sucedido e construtor de tratores, por fazer parte da sociedade de elite da época, utilizava constantemente automóveis da marca Ferrari. Certo dia, Ferruccio teria encontrado Enzo Ferrari, criador da montadora, e reclamado a respeito do sistema de embreagem de sua Ferrari, gerando uma discussão com o dono da montadora a partir de uma resposta pouco satisfatória. Esse teria sido o momento em que Ferruccio decidiu ser concorrente da Ferrari, apresentando, anos depois, seu primeiro protótipo: o 350 GTV, que logo depois se transformaria no primeiro carro de produção da Automobili Lamborghini, o 350 GT.

História da fabricante

Como primeiro protótipo da montadora, o 350 GTV, posteriormente conhecido como Gran Turismo Veloce, possuía características invejáveis para a época. Com um motor V12 de 3.5 litros e 360 cv, a máquina alcançava 280 km por hora, acelerando de 0 a 100 km/h em incríveis 6.7 segundos. Sua estreia ocorreu em 1964, no Salão de Turim. No ano seguinte, um novo modelo, batizado de 350 GT, também teve seu lançamento revelado, dessa vez no Salão de Genebra. O carro vinha equipado com um motor V12 de 280 cv de potência, suspensão independente, transmissão de 5 velocidades e freios a disco. Já em 1965, a Lamborghini construía o P400, responsável por um grande sucesso também no Salão de Turim.

Em 1967, a montadora revelou uma das mais belas supermáquinas já feitas: o MIURA P400, desenhado pelo designer de carros italiano Marcello Gandini. Seu nome é em homenagem à miura, raça de touro famosa e uma das paixões de Ferruccio. Com isso, a fama da Lamborghini como fabricante de carros incríveis se espalhava, e a montadora começava a entrar para a história.

Já nos anos 70, não se sabia o que viria pela frente, e pela primeira vez na história da Lamborghini, o futuro era incerto. Com a crise do petróleo e o mercado de superesportivos em baixa, a divisão de tratores da fabricante foi vendida para a concorrente Fiat. Com sua empresa falida e entregue a investidores suíços, Ferruccio viveu o resto de seus dias em uma propriedade rural, morrendo aos 76 anos de idade, tendo como a última criação da marca sob seu domínio o modelo Countach, de 1974.

Após a morte de seu criador, a Lamborghini passou por diferentes donos: de investidores suíços, a empresa foi passada ao grupo americano Chrysler, que por sua vez, acabou por revender a montadora para um grupo da Indonésia. Com a crise dos anos 90, a montadora se viu novamente em crise, quando ocorreu o inesperado: a Audi, pertencente ao grupo Volkswagen, comprou a Lamborghini, em 1998, dando fim à história de falência da fabricante italiana.

Curiosidades sobre a montadora

Além de uma história fascinante e repleta de altos e baixos, a Lamborghini conta com algumas curiosidades que poucas pessoas conhecem. Uma delas era a paixão por touros, que já comentamos, e que motivou a escolha do logotipo da montadora e o nome de vários carros, como o Miura e o Gallardo. Mas não só isso: Ferruccio também era taurino, nascido no dia 28 de abril.

Outra curiosidade é o uso do modelo Lamborghini Countach, um dos mais icônicos já criados pela fabricante, pelo ator Leonardo di Caprio no filme “O Lobo de Wall Street”, na sequência em que dirige e destrói um carro sob efeito de entorpecentes. E quem lembra do sucesso do lançamento do Lamborghini 350GTV, talvez não saiba que a máquina foi apresentada ao público sem motor! A solução? Encher o carro com tijolos, fechar o capô e não abrir até que a feira onde ocorreu o lançamento acabasse.

É muita história para uma única montadora, não é? Para conhecer uma Lamborghini incrível de pertinho, clique aqui e venha comprar seu passaporte no Salão Super Carros.

quero receber notícias