14/05/2020 voltar

Internet no carro: confira os prós e contras desse sistema

A facilidade de ter internet no carro pode ser uma grande aliada para os motoristas, assim como para os passageiros. Mas, primeiramente, é necessário entender seus prós e contras.

Para muitas pessoas, ter internet no carro ainda é uma novidade. Mas se você voltar um pouquinho no passado, vai lembrar da edição do carro Agile Wi-fi com internet sem fio, lançada em 2011 e que teve a comercialização de mil unidades. Na época, a GM, em parceria com a TIM, encaminhou aos clientes um kit de roteador que era instalado no carro, permitindo o acesso.

E se darmos mais um passo atrás, vamos ver que essa tecnologia já é antiga na Europa e nos Estados Unidos. No Brasil alguns modelos premium importados já contavam com esse sistema: Chrysler Pacífica, Jaguar XE, Ford Escape, Mercedes-Benz Classe C e do Audi A3.

Agora, retornando para os dias mais atuais, a internet e o carro se tornaram uma dupla inseparável para alguns: no segundo semestre de 2019, a Chevrolet lançou o Cruze e o Onix, que estão saindo de fábrica com sistema de Wi-Fi nativo com a rede 4G da Claro. Isso significa que a rede Wi-Fi faz parte da arquitetura eletrônica do modelo e o chip está soldado no carro, diferentemente do carro lançado em 2011, no qual o roteador era móvel.

Inclusive, essa tecnologia pode ter variações no modo de funcionamento, de acordo com a tecnologia existente em cada carro, podendo ser acessada do celular ou até mesmo no painel multimídia. A tendência é que os próximos modelos lançados pela GM na América Latina a partir de 2020 saiam de fábrica com o sistema de Wi-Fi.

Entretanto, apesar de ser uma ferramenta que pretende facilitar a vida de motoristas e passageiros, é importante lembrar de algumas desvantagens ou alertas para quem a utiliza!

Prós da internet no carro:


1) A internet no carro permite que todos os passageiros e o motorista tenham acesso simultâneo à rede de Wi-Fi através de qualquer aparelho móvel. O Cruze e o Onix, por exemplo, permitem que até sete aparelhos estejam conectados em um raio de alcance de 15 metros em torno do carro;

2) Os fabricantes garantem que a estabilidade do sinal é maior do que a 3G do celular, devido à antena externa que reforça o sinal mesmo onde um celular não consegue acesso à internet pelo sistema tradicional;

3) É uma grande aliada do motorista como uma forma de distração em tempos ociosos, como em congestionamentos e viagens longas. Também torna-se uma alternativa para que o condutor e a família aproveitem o tempo desocupado, sem utilizar dos dados móveis do plano do celular;

4) Possibilidade de motoristas de aplicativos e táxis compartilhar a rede com seus clientes, garantindo um diferencial ao serviço.

Os contras de possuir internet em veículos:

1) Após um prazo estipulado pela fabricante, o motorista deve contratar um plano de dados só para o carro para que possa utilizar o serviço;

2) O uso da internet no carro exige muita atenção do motorista, pois qualquer distração ao volante pode acarretar em graves acidentes. Além disso, o condutor do veículo pode ser multado pelo uso do celular enquanto conduz o carro.

É com certeza uma tecnologia que veio para facilitar a nossa rotina e trazer um pouco mais de inovação para os nossos dias. Lembrando que a utilização deste sistema deve ser feita pelo condutor do veículo apenas quando o carro está parado ou com o aparelho celular em um suporte adequado para visualização.

quero receber notícias